Encontre no blog

05 agosto 2013

Minicurso: Dança e música de matriz africana

Durante a III Jornada de Estudos em Educação Musical eu ministrei junto com a Camila Rosa o minicurso "Dança e música de matriz africana na sala de aula"



A Camila é uma querida amiga, pedagoga, que faz mestrado comigo. Sua pesquisa é sobre a estética do cabelo crespo, sobre como as mulheres constroem suas identidades de mulheres negras através da relação com o cabelo. Um questionamento que ela fez durante nosso minicurso foi: como é ser negro em uma sociedade branca? Será que os negros e negras possuem espelhos, referências? A cultura negra é valorizada dentro da sala de aula? Como nós educadores temos contribuído para que negros e negras se identifiquem como negros e negras?

Você sabia?
A lei 10.639/2003 estabelece a obrigatoriedade do ensino da história e cultura afro-brasileiras e africanas nas escolas públicas e privadas do ensino fundamental e médio

Ao introduzir a discussão sistemática das relações étnico-raciais e da história da cultura africanas e afro-brasileiras, essa legislação impulsiona mudanças significativas na escola básica brasileira, articulando o respeito e o reconhecimento à diversidade étnico-racial com  qualidade social educação.


Minha pesquisa de mestrado é sobre formação de professores, então, um dia, Camila e eu nos encontramos e pensamos: por que não juntar essas duas coisas? Acredito que poucos cursos de licenciatura em Música dediquem um tempo considerável para trabalhar com as diferentes culturas. Já que é lei e não temos como escapar... então... como trabalhar com a música de matriz africana na sala de aula?

As músicas de origem ou de matriz africanas são muito ricas. Ricas de significado, ricas de ritmos, de cantos, de dança, e nós exploramos um pouquinho cada um desses elementos. Nós propomos atividades que pudessem ser feitas principalmente dentro da sala de aula: um ambiente com pouco espaço, poucos recursos, muitos alunos, então o movimento do corpo foi o elemento mais explorado - Dalcroze, no início do século XX já chamava a atenção para a necessidade de incluir o movimento do corpo no fazer musical.

Através de brincadeiras, pudemos nesse minicurso cantar muitas músicas, pular, dançar, e conhecer um pouquinho mais da cultura africana - tão diferente e tão parecida da nossa!

 




Ficou curios@ para saber como foi? Aos poucos vamos postando algumas das atividades que realizamos durante o minicurso!

Nenhum comentário:

Postar um comentário