Encontre no blog

12 janeiro 2013

Koellreutter educador

A educadora musical Teca Alencar de Brito teve muito contato com o professor Koellreutter. Ele, muitas vezes conhecido dentro do universo dos compositores, músicos contemporâneos, e principalmente por conta do movimento Música Viva, foi também um grande educador musical. Mas isso, são poucas pessoas que sabem.

Retirado do site tecaoficinademusica.com.br

No livro Koellreutter educador: o humano como objetivo da educação musical, Teca apresenta o conceito de educação musical que Koellreutter acreditava e defendia.

Dentre muitas ideias, Koellreutter defende que o professor deve "aprender do aluno o que ensinar", e não ensinar para ele aquilo que ele pode aprender sozinho, em livros. 

Ele acreditava que ter contato com a linguagem musical é um meio de ampliar a percepção, a consciência, o que contribui, segundo ele, para a superação de preconceitos e pensamentos duelistas, que decorrem do racionalismo, mecanicismo e positivismo (tão presentes na nossa sociedade). Ele defendia que a música deveria estar em constante diálogo com outras áreas do conhecimento, privilegiando o ser humano. Por isso mesmo, ele defendia que a arte deveria ser funcional, ou seja, voltada para as necessidades da sociedade atual, do tempo real, e não remetendo a valores e princípios do passado.

O "espírito criador" para Koellreutter é extremamente necessário em um ambiente artístico. Por isso suas propostas educacionais sempre era conduzida de modo que os alunos pudessem estimular a criatividade, se sentissem vivos e curiosos, para ele a criação e a improvisação eram ótimas ferramentas para se alcançar isso. Na segunda parte do livro, Teca apresenta algumas propostas pedagógicas baseadas nessas ideias.

Esse é um livro muito interessante para quem está querendo perceber a educação musical com outros olhos. Mais do que se aproveitar dele por conta das propostas de atividades, acredito que a leitura das ideias, conceitos e abordagem de Koellreutter são extremamente necessárias para entender as atividades, bem como aplicá-las de maneira mais coerentes. Conhecer um pouco da história dele me ajudou muito a entender melhor toda a sua proposta educacional. Para quem não conhece, sugiro a leitura de alguns textos do professor Kater, como o "Encontro com H.J. Koellreutter".

Na parte inicial do livro, a autora transcreve um texto do professor, e eu usarei partes dele para encerrar essa postagem:

"Trata-se de um tipo de educação musical que aceita como função da educação musical nas escolas a tarefa de transformar critérios e ideias artísticas em uma nova realidade, resultante de mudanças sociais. [...]. O humano, meus amigos, como objetivo da educação musical" (Koellreutter, 1998, p. 39-45, apud Brito, 2011, p. 43-44)

Referência do livro:
BRITO, Teca Alencar de. Koellreutter educador: o humano como objetivo da educação musical. 2ª edição. São Paulo. Editora Peirópolis, 2011.



Outras indicações de leituras:
KOELLREUTTER, Hans-Joachim. Educação musical hoje e, quiçá, amanhã. In: LIMA, Sonia A. (org). Educadores musicais de São Paulo: Encontro e reflexões. São Paulo: Nacional, 1998, p.-39-45)

KOELLREUTTER, Hans-Joachim. O ensino da música num mundo modificado. In: Educação musical: Cadernos de estudo, nº 6, organização de Carlos Kater. Belo Horizonte: Atravez/EMUEMG/FEA/FAPEMIG, 1997, p. 37-44.

Nenhum comentário:

Postar um comentário